JDM Wars em Interlagos, Parte 2

JDMwars-156

Depois de uma rápida introdução ao tema do 1º JDM Wars e um passeio pelo estacionamento do evento, chegou a hora de cairmos para dentro os boxes e conferir um pouco da ação que rolou na pista. Na foto acima, uma cena que muitos entusiastas devem ter sonhado em ver por anos a fio: Um Nissan Skyline R34 e um GTR R35 extensamente modificado descendo a saida dos boxes no S do Senna. Não dá pra imaginar uma cena mais digna de um evento voltado aos carros japoneses do que essa, não é mesmo?

Continue lendo e confira as outras preciosidades nipônicas que marcaram presença no evento que trouxe um pouco do Japão pra dentro de Interlagos!

JDMwars-5 JDMwars-6

O Skyline R34 em questão aparentemente era uma versão de tração traseira mas contava com as rodas do irmão GTR, além do bodykit claramente “made in Japan”.

JDMwars-8 JDMwars-9

Apesar de alguns carros já estarem mandando ver no circuito, na parte da manhã a maioria dos participantes ainda chegava e cuidava dos ultimos preparativos antes de sair dos boxes. O belo Civic EG6 com volante Mugen trocava os Advan Neova por pneus slicks para aproveitar o dia de pista.

JDMwars-14

Ricardo Meirelles e seu Black Blob passavam pelo mesmo procedimento quando consegui registrar essa imagem que dá uma rápida noção das alterações de chassi pelas quais passaram essa fera, sem dúvidas um carro que faria bonito em qualquer evento japonês pelo alto nível da preparação efetuada pela Speciallizer Motorsport.

JDMwars-15

Outro Subaru que chamava atenção nos boxes era o STI 2015, já que o recém chegado ao nosso mercado ainda é uma visão rara nas ruas brasileiras. Ao volante desse exemplar blue mica estava o músico e ator Fiuk, conhecedor do universo JDM já que costuma participar de eventos de drift ao volante de seu Skyline R34. Falando em Skyline, temos praticamente duas gerações do modelo japonês na foto acima, pois o Infinity G37 da esquerda é uma versão do Skyline atual para o mercado norte americano enquanto o sedan R34 atrás do Subaru é o mesmo carro que registramos na primeira parte do evento.

JDMwars-19

Sob o capô do relativamente conservador R34 sedan, um senhor motor habita: Um RB26, 6 cilindros em linha oriundo do GTR. Originalmente acoplado a duas turbinas, esse exemplar adota apenas um caracol em sua configuração. Sobre a tampa da correia, o adesivo da Tomei, fabricante japonesa de peças para performance de qualidade internacionalmente reconhecida, deixa a dúvida sobre as maldades que esse coração de Godzilla esconde.

JDMwars-36 JDMwars-35 JDMwars-32 JDMwars-17 JDMwars-16

O mesmo boxe abrigava outras preciosidades como o Nissan 240SX com frente de Silvia S15 preparado para drift, o Lexus GS ao melhor estilo VIP Style e os Nissan 350Z da equipe NSC Garage, pilotados pelo jovem Diego Higa.

JDMwars-39

O piloto passou a maior parte do dia ao volante do Z33 vermelho, equipado com um sistema de supercharger da tradicional HKS. Ao fim do dia, quando já haviamos deixado o autódromo, quem foi pra pista foi o outro Z33 que Diego utiliza nas competições de drift, e o S do Senna feito de lado pelo jovem foi registrado em um curto vídeo de nosso amigo Mark Steinhoff.

JDMwars-41

Os Subaru em suas versões esportivas sempre são presença garantida nos track days e time attacks sediados em Interlagos, mas no JDM Wars a impressão que tive é de que a quantidade de Imprezas era ainda maior. A empresa MRACE, focada na parte de calibração avançada de ECU’s, se destacava com dois GC’s de encher os olhos.

JDMwars-42 JDMwars-44 JDMwars-43

O Brasil não recebeu oficialmente nenhuma versão STI da primeira geração dos Impreza, mas em um exemplar como esse pode-se dizer que o nível de um STI foi atingido e ultrapassado a muito tempo. Enquanto o interior esbanja o melhor do JDM, o motor trás o toque de outro país que é a referência em automobilismo mundial, a Inglaterra.

JDMwars-47JDMwars-45JDMwars-46

No motor, diversos toques da Roger Clark Motorsport, empresa britânica responsável pelos Impreza de time attack mais desenvolvidos do mundo.

JDMwars-25 JDMwars-26 JDMwars-27 JDMwars-28

O outro exemplar exibia orgulhoso o adesivo que indica o desejado motor que habita o cofre desse GC branco: EJ207, a motorização dos STI japoneses desde 2000 até os dias de hoje, um motor 2.0 litros, que gosta de giros mais altos quando comprado aos 2.5 litros dos STI norte-americanos que chegam ao Brasil. Um toque dos japoneses da Zero Sports aqui, outro dos britânicos da Prodrive alí…

JDMwars-10 JDMwars-11

Os GTR 35 também marcaram presença em peso, e só no box da Ruette Filho Motorsport tinhamos as usuais três unidades do modelo extensamente preparadas, sendo que ao final do dia dois deles garantiram o primeiro e segundo lugar na classificação geral. No capô de um dos carros ficava registrado os planos futuros da equipe que envolvem a participação no World Time Attack Challenge de 2017, evento realizado anualmente em Sidney, Australia, e que reune os maiores nomes do Time Attack de países que são referencia na modalidade como Japão, Inglaterra, Estados Unidos e os donos da casa que são os campeões a 4 anos seguidos.

JDMwars-21 JDMwars-23 JDMwars-22

Outras raridades expostas nos boxes: Honda Accord Wagon com motor F20B, que vinha originalmente, entre outros modeos, nos Accord SiR japoneses que dispunham de 200 cavalos a 7.000 rpm. Já o Mazda RX7 provavelmente dispensa apresentações, esse exemplar aparentemente muito original exibia o motor rotativo 13B, um sonho de consumo para muitos entusiastas. Interessante observar como a instalação do pequeno bloco é feita de forma recuada no cofre, com a maioria do motor localizada atrás das torres da suspensão dianteira em uma configuração que os japoneses costumam chamar de “Front Midship”, ou motor central-dianteiro como seu conterrâneo Honda S2000, uma escolha que torna o comportamento dinâmico do veículo muito superior aos carros de motor dianteiro “comuns”.

JDMwars-102 JDMwars-104 JDMwars-109 JDMwars-111

Mais Impreza: Chamando atenção nos boxes, não foi dessa vez que o belo Shark Eye STI do amigo Roberto Kishi foi pra pista, fato que acreditamos que irá acontecer algum dia! Brincadeiras à parte, se um dia esse for o caminho escolhido por Kishi o carro já tem tudo para fazer bonito: Short block Cosworth, suspensão TEIN EDFC que se ajusta automaticamente através da força G e da velocidade do veículo, asa traseira e retrovisores APR, capô e tampa do porta malas em fibra de carbono para aquele bom e velho alivio de peso… As rodas Volk TE37 Super Lap são a cereja do bolo, calçadas com os ótimos Achilles 123S.

JDMwars-98

Outro STI da mesma geração que fez bonito dentro da pista foi o hatchback da oficina Subaru Custela Team, do amigo Custelinha. Como já tivemos aqui no Final Spec o Bug Eye do Custelinha marcando presença, nada mais justo do que um futuro post com o novo carro chefe da oficina, não acham?

JDMwars-113 JDMwars-115

Abrindo espaço para uma raridade não-JDM, esse Megane RS só ficou estacionado em um canto mais escondido dos boxes, então só me restou especular sobre o desempenho daquele que é tido como um dos melhores carros de tração dianteira pela imprensa mundial.    JDMwars-144

Na pista, um dos carros que mais foi visto dando volta atrás de volta foi o Civic Del Sol da Way Motorsport, não era o carro mais rápido do dia mas vendo de fora certamente era um dos mais divertidos, andando com a mesma configuração de rodas aro 14 e pneus radiais dos carros que disputam o Campeonato Paulista de Marcas e Pilotos.

JDMwars-138

O Impreza GC do Henrique, da oficina Nihon Subaru, foi outro que deu voltas a fio durante o dia. Esse é outro carro que buscaremos trazer em uma matéria dedicada num futuro próximo.

JDMwars-145 JDMwars-137

Esse Lancer Evolution VII mantem um visual totalmente original no exterior, mas quem é que se arrisca a afirmar o mesmo sobre a mecânica?

JDMwars-148 JDMwars-163

Nissan 350Z com preparação HKS e o Skyline R34 no S do Senna: Mais JDM que isso, impossível.

JDMwars-177

Ficamos por aqui com o nosso registro do 1º JDM Wars, esperamos realmente que futuras edições do evento venham a acontecer e mantenham esse mesmo clima da primeira edição, e com certeza nós estaremos lá!

Se você gostou dos nossos registros, textos e fotos compartilhe com os amigos que foram e não foram, espero ter conseguido levar um pouco da atmosfera do evento até vocês!

Até a próxima,

 

Thiago Marinelli

Anúncios

Um comentário sobre “JDM Wars em Interlagos, Parte 2

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s