Consumido Pela Cultura JDM

 1
Já faz muito tempo desde a última vez que redigi um texto para preencher as páginas desse site e adicionar um pouco da minha visão a vocês…
2
Sendo mais exato, a última vez que eu escrevi algo, fotografei e entreguei nas mãos do Thiago Marinelli para que ele pudesse editar no formato ideal do site, foi em Agosto de 2015. Minha primeira vez no D1 Grand Prix…
3
Me lembro que fazia quase 10 meses que eu estava no Japão e ainda não possuía um notebook. E adivinhe? Depois de dois anos e quase sete meses , nada mudou… em relação ao Notebook, claro, mas muitas outras coisas mudaram…
4
Além de dar meus pitacos por aqui, muita gente (muita mesmo) me seguia em um projeto paralelo no Facebook batizado de Dekasegi Racing. Você provavelmente vai procurar  por essa página, mas não vai achar…
5
Sim, eu excluí página, e isso fez parte de todo um processo de ser consumido não só pela cultura automotiva, mas pelo estilo de vida japonês: jornadas de 12 horas ou mais de trabalho, afazeres domésticos e um carro de drift que ainda hoje exige muita atenção, dinheiro e tempo, coisa que eu não tenho feito ultimamente…
6
Se você chegou agora, ou só lembra de mim na página do Hoon Club ou do  Dekasegi Racing , eu devo te dizer que  possuo um nissan Silvia S13 no qual eu tento fazer drift…
7
 Foi o meu primeiro carro no Japão, teve seus dias de rua, já foi um daily e hoje precisa de uma atenção para ser revisado e voltar ao circuito. Após uma crise financeira que o levou aos anúncios de venda, quem pagou o pato foi um outro “erro financeiro” sobre rodas…
8
Um Honda Civic EG5 era pra ser meu carro de grip. Sim, eu achava que devia ter um carro de cada estilo para matar minha sede de cair de cabeça no automobilismo amador do Japão…
Mas a vida não é um Gran Turismo meu amigo. Por mais que eu mesmo fizesse toda a parte mecânica dos carros , as peças e o próprio custo de manutenção, somados aos impostos acabariam com o meu pequeno salário…
9
Você deve estar se perguntando: como o cara não consegue manter um Silvia e um Civic no Japão ? Bom, como eu já disse, a vida não é um Gran Turismo…
10
 Com a popularização da cultura JDM e do drift pelo mundo, abriram as fronteiras em outros países e milhares de carros que compõe a cena automotiva japonesa são exportados todos os dias aos montes, sem falar das peças…
11
Tudo isso elevou drasticamente o custo pra se ter , montar e correr com um carro desses.  Ainda acessível, mas não como na década passada…
13
Por exemplo: até o ano de 2008 era fácil um Silvia S13 com o básico para se fazer drift a venda pelo valor de 300.000¥ . Hoje os valores ultrapassam a casa dos 500.000¥ dependendo do que foi montado no carro. O motor e o câmbio originais saiam por aproximadamente 30 a 50.000¥ hoje só um motor não é vendido por menos de 100.000¥…
12
Toda essa valorização aconteceu com muitos outros carros. Mas nada que venha impedir de um assalariado como eu, de ter um esportivo nipônico, basta economizar em outras partes e trata-se também de meter a mão na graxa…
14
A vontade de ter um carro, correr e viver tudo que o Japão pode te oferecer a cerca da cultura dos carros , se trata também de abrir mão de tantas outras coisas , inclusive do tempo livre…
15
Apesar de ter sido consumido aos poucos e aos poucos ter deixado de lado as mídias sociais e o próprio site , descobri que tudo é uma questão de planejamento e organização. Outros membros e colaboradores tem seus motivos, mas esses são os meus…
16
O Final Spec trouxe tantas boas oportunidades, experiências e amizades pra quem participou de alguma forma aqui. Acho que ainda temos muito que colher, aprender e mostrar. Talvez essa seja uma boa hora de voltar, com um pouco mais de experiência e uma visão mais ampla, espero que essa seja uma boa reconciliação.
17
Te vejo por aqui!
Abraços!
Felipe Massayuki
Anúncios

Final Spec no Japão: Projeto Dekasegi Racing

tumblr_nc85oqxter1rpzp9do1_1280

Por conta das redes sociais, youtube e blogs o Japão se tornou um lugar mais próximo e amplamente explorado por entusiastas automotivos do mundo inteiro atualmente, devido a rica cultura e a diversidade que aquela pequena ilha abriga. Desde os hella flush e hot rods até as corridas de circuito e drift, o Japão hoje é uma das maiores referencias na cena automobilística para o mundo. Tendencias, estilos, projetos e mega eventos florescem por lá todos os dias.

Agora imagine você acompanhando o melhor de lá, diretamente em português por um brasileiro? Eventos, carros, corridas, oficinas  e até mesmo um ou mais projetos desenvolvidos por alguém que saiu do Brasil com a unica finalidade de viver por tempo indeterminado tudo que o Japão tem a oferecer a cerca da cultura automotiva… esse é o Projeto Dekasegi Racing!

(Text in english available, keep reading!)

Continuar lendo

2º Suzuki Track Day a bordo do novo Swift Sport R

Suzuki_Yuki (31)

Pela primeira vez conseguimos participar de um evento organizado por uma grande fabricante de veículos como a Suzuki, que busca ascensão no mercado nacional aproximando através de eventos como esse, clientes e um produto que estávamos muito afim de conhecer: o novo “pocket rocket”o Swift Sport! E o melhor, no Velo Cittá, uma autentica pista de corrida onde também estivemos pela primeira vez… Continuar lendo

Mario Shimoda: um campeão tipo exportação

521449_541483692549890_380190691_n (1)Já parou para pensar quantas pistas de corridas existem pelo mundo? E nessas pistas, quantos eventos são realizados mensalmente? Desde as categorias de acesso até os profissionais…? E se irmos mais adiante nesse questionamento, e fazer você pensar em uma possibilidade quase nula: quantos brasileiros estão nesses lugares? Correndo nesses eventos e até mesmo garantindo seu lugar no pódio… bom, Mario Shimoda, 40 anos, piloto semiprofissional  é um desses brasileiros que contrariam a lógica comum de que o nosso país só exporta jogadores de futebol.

(Text in english available, keep reading!)

Continuar lendo

Bubble Gun Treffen 5: O melhor Das Auto

SONY DSC

O que muitos chamam de “Worthersee brasileira”, eu chamo de um evento nacional de peso, com uma personalidade diferente. Na sua quinta edição, essa é a segunda vez que eu vou ao evento em Águas de Lindóia e noto um crescimento e tanto no numero de visitantes, empresas e participantes. BGT já entrou no calendário oficial da cidade, tem apoio de órgãos públicos e privados, incluindo a própria Volkswagen. Deixo vocês com um pouco do que rolou no sábado dia 16… Continuar lendo

Espírito de Le Mans: 6 Horas De São Paulo (1º Parte)

SONY DSC

Momento épico, um sonho realizado, satisfação total…não existem palavras para definir esse dia que entrou para história, não só desse blog, mas também na vida desse entusiasta que vos escreve. O “Espírito de Le Mans” se estabeleceu por um final de semana no Autódromo José Carlos Pace em Interlagos e nos concedeu emoções e lembranças que levarei por toda uma vida… Continuar lendo

Final Spec em Le Mans 6 Horas de São Paulo

IMG_1111Difícil descrever pela primeira vez de uma sala de imprensa de um evento internacional, a sensação de estarmos aqui (eu e o Rafael Durães). Enquanto escrevo, ouço o som dos carros na reta principal pelas minhas costas e na minha frente vejo o outro lado da pista sendo contornado pelos carros mais rápidos que eu já vi  no Circuito de Interlagos. Esperamos terminar o dia com muito mais imagens e informações desse evento que é um marco na história desse blog….